Domingo, 21 de Junho de 2009
Lobo Antunes

As Naus

Imagem

Sinopse:

"Longa e sólida metáfora, As Naus tenta inventar uma ordem nacional a partir do drama do fim da África portuguesa, das pequenas tragédias que se sucedem com o regresso í metrópole, da conjugação de personagens que, vindas da História, não lançam avisos, não fazem apelos, não invocam um sentido ou um destino - apenas sofrem desse mal congénito que é a imensa solisão que povoa o reyno, as imagens de Loanda com os seus cabarés, riscos no céu í altura dos pássaros, fios do horizonte trazidos de Goa, onde as ondas rebentam sempre, permanentemente, a lembrar, só a lembrar. É uma doença sem cura que sói se alivia na auto-observação dos seus próprios efeitos. E, provavelmente, em muita autoflagelação do narrador."

DOWNLOAD


Auto dos Danados

Imagem

Sinopse:

"É um romance passado no Alentejo, trata da história da decadência de uma família, em torno da morte de um dos seus membros. É uma daquelas aldeias onde se mata o toiro e a festa coincide com a morte."
"A morte é em 75, mas como nestas coisas sempre acontece, as pessoas andam para trás e para a frente."


DOWNLOAD


Manual dos Inquisidores

Imagem

Sinopse:

"N`O Manual..., como nos meus últimos livros, procurei escrever uma história em que as personagens se iluminassem umas ís outras, sublinhar as contradições tremendas das pessoas, o que elas são difíceis de julgar. Pareceu-me que era importante dar um retrato daquilo a que se chama direita visto pela própria direita. Não há ali nenhuma personagem revolucionária, mesmo os pobres são conservadores. Lembro-me de um chauffeur particular que, a seguir ao 25 de Abril, me dizia que votava no CDS, porque, se acabassem os patrões, ele perdia o emprego. Essa gente, poderosos e pobres, que pretendo retratar. Por outro lado, não pude deixar que os maus fossem completamente maus, e por isso também lhes dei o lado humano."

DOWNLOAD


Eu hei-de amar uma pedra

Imagem

Sinopse:

Fotografias, Consultas, Visitas, Narrativas - quatro partes onde se organizam histórias individuais de solidão e desamor, de impossibilidade de amar gerada por carência profunda, por rejeição, por abandono.
Um colega de Lobo Antunes ter-lhe-á contado uma história de um amor impossível que se manteve ao longo de mais de 50 anos em encontros secretos numa hospedaria de Lisboa: um casal que se reencontra casualmente, depois de uma separação abrupta por razões de saúde, a que ela supostamente não teria sobrevivido.
O escritor deixou-se seduzir e, pela primeira vez nos seus livros, um homem (que nunca tem a palavra) sabe que é amado; uma mulher mantém-se firme a seu lado, sem nada aceitar em troca, renovando semanalmente a sua intenção de não o deixar nunca. A envolvente é de uma solidão urbana extrema, que mais sublinha a impossibilidade deste amor.
Quanto í forma, mantém-se o apurado rendilhado narrativo de Lobo Antunes, mais difícil na primeira parte, em que os fragmentos da história se apresentam soltos, as personagens desligadas do enquadramento social e localizadas nas fotografias que nos vão sendo mostradas. Depois, pouco a pouco, penetramos nos segredos e no passado emocionalmente devastado de cada um dos seres, de que não se conseguem libertar.


DOWNLOAD

Leia também:

Conversas com António Lobo Antunes

Imagem

Autora: Maria Luisa Blanco

DOWNLOAD
 


livros e autores:

publicado por ana às 22:25
link do post | comentar | favorito
|

Este Blog dedica-se à postagem de livros que circulam livremente na internet. Limito-me a indicar a obra e os links de onde a podemos encontrar. Qualquer anomalia ou problema de funcionamento e/ou copyright não é da responsabilidade deste Blog, dado que o mesmo se baseia em hiperligações ou links. Eventuais reclamações e outras solicitações deverão ser feitas unica e exclusivamente nas respectivas fontes de origem. DEFENDO A UTILIZAÇÃO LIVRE, SEM DIREITOS DE AUTOR OU COPYWRIGHT, PORQUE O MEU OBJECTIVO É DIVULGAR E PARTILHAR OS MEUS CONTEÚDOS COM TODOS OS QUE OS QUISEREM USAR.

00one.gif (3184 bytes)

ANA MÁRCIA todos os livros foram tirados daqui http://www.portaldetonando.com.br/forum/diversos.html

.mais sobre mim
.livros e autores

. a galinha ruiva

. a ministra

. alexandre

. alves redol

. antoine de

. carlos drumond de andrade

. charles dickens

. diário de anne frank

. dumas

. faz a tua biblioteca virtual

. george orwell

. josé rodrigues dos santos

. josé saramago

. leitura diária: quanto deseja?

. leituras em linha

. lobo antunes

. margarida rebelo pinto

. miguel sousa tavares

. milan kundera

. nicholas sparks

. o velho casarão

. rato do campo e rato da cidade

. saint-exupéry

. thomas keneally

. victor hugo

. zafón

. zimler

. todas as tags

.posts recentes

. Audiolivros em Português

. Revolução dos Bichos, A.

. Origem das Espécies, A

.arquivos

. Maio 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

.pesquisar
 
.LIVROS
Os 1400 livros de
Fernando Pessoa

Ao ritmo de 30 por dia, a

biblioteca foi digitalizada durante um ano

e estará brevemente acessível aqui.

 

 

Mais de 160 mil
visitantes

A evolução de Darwin foi a exposição

mais visitada de sempre na Fundação

Calouste Gulbenkian.

 

'A Maior Flor do Mundo'

Filme de animação com base no

único conto infantil de José Saramago.

A história deste livro contada pelo autor aqui.

 

Museu Hergé abriu

, o Museu Hergé  

galeria de fotografias aqui.

 

 

Biografia de 'Gabo'

Excerto e artigo no New York Times

 sobre Gabriel García Márquez -

A Life (Alfred A. Knopf), de Gerald

Martin, cuja tradução portuguesa

será editada pela Dom Quixote

em Setembro.

 

Arquivo valioso

Milhares de

páginas de jornais britânicos do século XIX

estão disponíveis desde hoje aqui.

 

A Aventura dos Descobrimentos

É a mais recente colecção de

livros em formato digital disponível

a partir do Centro Virtual Camões.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

    Ler sempre

 

.Jornais e revistas

ABC
Arts & Letters Daily
Arts Journal
BBC
El Mundo
El País
Frankfurter Allgemeine Zeitung
Granta
Harper´s
La Repubblica
Le Figaro
Le Magazine littéraire
Le Monde
Lire
Literary Review
London Review
Moscow Times
New Statesman
Open Letters
Publishers Weekly
Qué Leer
Salon
Telegraph
The Atlantic
The Bookseller
The Economist
The Guardian
The Independent
The New York Times
The New York Review of Books
The Scotsman
The Spectator
The Times

 

.Editoras

Alêtheia

Ambar

Âncora Editora

Angelus Novus

Antígona

Assírio & Alvim

Averno

Bertrand

Bizâncio

Booktree

Caixotim

Caleidoscópio

Campo das Letras

Cavalo de Ferro

Centralivros

Círculo de Leitores

Civilização Editora

Colibri

Corpos Editora

Deriva

Devir

Didáctica Editora

Difel

Dinalivro

Dom Quixote

Edições 70

Edições Afrontamento

Edições Almedina

Edições ASA

Edições Nelson de Matos

Editorial Caminho

Editorial Estampa

Editorial Labirinto

Editorial Magnólia

Editorial Minerva

Editorial Presença

Editorial Verbo

Ésquilo

Esfera dos Livros

Europress

Everest Editora

Fenda

Fim de Século

Frenesi

Gailivro

Gatafunho

Guerra & Paz

Girassol

Gradiva

Guimarães Editores

Indie Books

Livros Cotovia

Livros de Areia

Livros do Brasil

Livros Horizonte

Luz das Letras

Magna Editora

Marina Editores

Minutos de Leitura

Nova Gaia

Nova Vaga

Oficina do Livro

Parceria A.M. Pereira

Pé de Página

Pergaminho

Planeta Editora

Plátano Editora

Porto Editora

Prime Books

Principia Editora

Publicações Europa-América

Quarteto Editora

Quasi Edições

QuidNovi (III)

Relógio D'Água

Quimera Editores

Saída de Emergência

Sextante Editora

Sinais de Fogo

Terramar

Texto Editores

Tinta-da-China

Ulisseia

Verso da Kapa

Zéfiro

& Etc

101 Noites

.Livrarias

Almedina

Apolo 70

Arquivo

Artes & Letras

Bertrand

BragaBooks

Bulhosa

Leitura

Byblos

Centésima Página

Círculo de Leitores

Devir

Fnac

Leitura

Ler Devagar

Letra Livre

Livraria Académica

Livro do Dia

Mediabooks

Nobel

Pó dos Livros

Trama

Webboom

 

 

 

 

 

 

 

 

"Um dia li um livro e toda a minha vida mudou. Desde a primeira página, sofri com tanta força o poder do livro que senti o meu corpo apartado da cadeira e da mesa a que me sentava... Era uma influência tão forte que me parecia que a luz emanada das páginas me atingia como um jorro... Continuava a ler; página atrás de página, como se estudasse um guia que me orientaria através desta terra desconhecida e selvagem... Durante todo este tempo, o livro estava ali, em cima da mesa, com a luz que dele emanava a bater-me na cara, e no entanto, parecia-me tão familiar como os outros objectos que enchiam o meu quarto... Sucediam-se os minutos e as páginas... Li a página seguinte, depois outras, e outras ainda, vi a luz que se filtrava da soleira da outra vida; vi tudo o que conhecia e tudo o que ignorava; vi a minha própria vida... À medida que virava as páginas, penetrava na minha alma e apoderava-se dela um universo cuja existência ignorara até então, que nem sequer tinha imaginado... Adivinhei desde o princípio que o livro tinha sido escrito para mim, e era por isso que cada palavra e cada expressão me tinham tocado tão profundamente... Agarrando nele com as duas mãos, sorvia o cheiro da tinta e do papel que emanava das suas páginas, como fazia na infância quando acabava de ler um álbum de banda desenhada. Era exactamente o mesmo cheiro." (Orphan Pamuk*, in A Vida Nova)

Para quê mais palavras? Envolver-se pela magia da leitura. Soltar a imaginação. Navegar pelo mundo do outro, que também é nosso. O prazer de ler! Meu, teu, nosso... vamos partilhá-lo!

 * Nascido em 1952, na Turquia, Orhpan Pamuk foi Prémio Nobel da Literatura em 2006. Pode consultar a página deste escritor aqui (em inglês). A Wikiquote disponibiliza algumas citações deste escritor.

.subscrever feeds